And she used to fall down a lot. That girl was always falling. Again and again

Então, depois de uma overdose de incomodações e notícias desagradáveis por parte de pessoas sem noção e chatas na sexta e no sábado, hoje amanheceu acinzentado, frio, sem sol, ventando e com boas novas – um dia bem como eu gosto – e recebi excelentes notícias e perspectivas animadoras vindas por email e fone diretamente de POA e de Sampa (duas cidades na qual mantenho alguns amigos sempre dispostos e animados). Thanks aos meus dois amigos com a mesma inicial – F.F. – que moram respectivamente nessas duas cidades. Vcs são uns fofos por ficarem comentando sobre Alien, BR e THX em meio às boas notícias rs!

Trevosos, ex-trevosos e simpatizantes, uni-vos!
Mestre Robert Smith está a caminho do Brasil… rs

Mas o boato que me fez até esquecer a pilha de trabalhos, prazos e coisas por fazer que tenho que enfrentar essa semana é a única dignamente postável – já que as outras ainda não podem ser divulgadas e, mesmo assim são interessantes apenas pra mim – é a vinda do The Cure ao Brasil em abril de 2008 em Poa e em SP, devidamente alertadas pelo Caue🙂

8 de Abril – Porto Alegre, Brasil
10 de Abril – Sao Paulo, Brasil
11 de Abril – Sao Paulo, Brasil

I´m coming to find you, if it takes me all night…

As datas ainda não foram confirmadas no site oficial mas o babado é forte hehehe! Não sei em qual show irei ainda – mais provável até em SP – mas eu vou! Como disse a querida Fran em uma de nossas conversas, “é o canto de cisne da nossa adolescência”. Até pq quem não gosta de Cure, não tem coração hehehehe. Posso passar um bom tempo sem ouvir, mas dai eu volto e escuto tudo de novo e aquele monte de sensações oníricas e emoções explodem através das melodias perfeitas e esquisitas e das letras de Bob Smith.

A situação da música pop está tão ruim atualmente porque existem Robert Smiths de menos e Beyoncés demais….

Vi o show deles em 87 no Gigantinho em POA (quando eu era uma jovenzinha freak de 12 anos) e foi uma das noites mais inesquecíveis da minha vida.

…abaixo, duas das favoritas – embora eu ame muitas

“Catch” e A night like this

UPDATE: mais uma, “a letter to elise”.. uma das músicas da minha vida

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s