O fator musical nas plataformas de redes sociais: alguns insights


Como eu venho comentando por aqui – e faz parte da minha pesquisa atual que tenta mapear alguns usos – sobre plataformas sociais de música online, Michael Arrington do TechCrunch publicou uma matéria hoje- Facebook Vs MySpace in the U.S. Market: The Music Factor – a respeito de mais um round entre os sites de redes sociais Facebook e MySpace, indicando que o MySpace se mantém dominante no mercado norte-americano, principalmente pelo fator musical – ou seja, seu apelo aos fãs e produtores de música – mesmo que o Facebook esteja atualmente em primeiro lugar no resto do mundo.

É interessante também que na tentativa de reagir ao MySpace o FB venha trabalhando tanto na tradução dos sites a partir dos usuários (coisa que não acontece na estrutura do MySpace) através de algumas ferramentas e aplicativos direcionados aos fãs e produtores de música, como o ilike. A questão da personalização, da auto-apresentação e da credibilidade das plataformas para a divulgação dos artistas e dos fãs parece delinear alguns usos e apropriações que essas plataformas adquirem. Outros pontos que me chamam atenção são: a) a própria segmentação das plataformas e SRS b) a diversificação de entretenimento e o investimento de capital social e subcultural nessas plataformas por parte dos fãs e artistas em contrapartida às reclamações de crise por parte da indústria fonográfica massiva ou “tradicional”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s