O futuro da música depois da morte do CD

Segue abaixo o release do e-book organizado pelo Sergio Amadeu e pelo irineu Franco no qual eu participo com um artigo. Peguei lá do blog do Sérgio.

O Futuro da Música Depois da Morte do CD é um livro-coletânea on-line que pode ser baixado da Internet. Sua licença é Creative Commons. A cópia é completamente liberada para uso não-comercial. O livro editado e disponibilizado em PDF ficará no site http://www.futurodamusica.com.br, a partir do dia 22 de janeiro.

O debate sobre o impacto das redes digitais na criação, produção e distribuição da música não é novo. Entretanto, poucos livros brasileiros reuniram diversos olhares de diferentes áreas do conhecimento para analisar a atual realidade musical. Navegando no mar revolto da digitalização em oceanos da propriedade intelectual, a coletânea discute as mudanças históricas no perfil e no papel dos músicos, compositores e intérpretes. Mixando o discurso acadêmico com os argumentos de quem vive de música no dia-a-dia, a coletânea O Futuro da Música Depois da Morte do CD é extremamente polêmica e útil nos debates sobre a reformulação da lei de copyright, para a formulação de políticas de incentivo à criação artística e à manutenção da diversidade cultural.

Os 16 autores partem da perspectiva da engenharia da produção, da sociologia, da teoria da comunicação, da musicologia, da filosofia e da interpretação e composição musicais, além da própria atividade empresarial. A única base comum dos textos é o reconhecimento das profundas mudanças que a digitalização e as redes informacionais trouxeram para o universo da música. Um dos objetivos da coletânea é mostrar a complexidade e as grandes diferenças teóricas, analíticas e prospectivas que existem entre aqueles que estão pensando o tema.

O FUTURO DA MÚSICA DEPOIS DA MORTE DO CD será lançado no Campus Party, dia 22/01, às 20 horas no palco da área de música do evento #cparty.

O livro conta com os seguintes capítulos:

* Introdução – Irineu Franco Perpetuo

* Impacto da tecnologia na cadeia da música: novas oportunidades para o setor independente – João Leão e Davi Nakano

* A música na época de sua reprodutibilidade digital – Sergio Amadeu da Silveira

* O CD Morreu? Viva o vinil! – Simone Pereira de Sá

* O MP3 e o fim da ditadura do álbum comercial – Alice Tomaz de Carvalho e Riverson Rios

* Fãs-usuários-produtores: uma análise das conexões musicais nas plataformas sociais MySpace e Last.fm – Adriana Amaral

* O impacto das novas tecnologias sobre o estudo de piano – Eduardo Monteiro

* Valor da música – Andre Stangl e Reinaldo Pamponet Filho

* Música Antiga e mídias modernas – Ricardo Bernardes

* A criação musical erudita e a evolução das mídias: dos antigos 78rpms à era pós-CD – Harry Crowl

* “Cordel da banda larga”: a canção de Gilberto Gil e as perspectivas da sociedade em rede – Laan Mendes de Barros

* E agora, o que eu faço do meu disco? – Pena Schimidt

* Mudança dos ventos à vista – Chico Pinheiro

* O mundo mudou bem na minha vez... – André Mehmari.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s