O caso TAM e o absurdo furto das coisas de dentro da minha mala rosa

 O início da confusão

Apesar de estar afundada em coisas por fazer, tentarei contar de forma resumida meu imbróglio com a TAM nessas últimas semanas, que embora seja offtopic aqui no blog é necessário. Quem me acompanha via Twitter deve ter visto meus posts, mas ainda senti que eu precisava contar as coisas em um texto um pouco mais longo aqui no blog. Tudo começou na segunda-feira dia 19 de outubro quando estava no aeroporto de Atlanta e fui informada no portão de embarque da Delta que meu vôo para Guarulhos-SP estava com overbooking e que 5 passageiros teriam de mudar de vôo e ir por um vôo via Santiago do Chile e depois pegar outro vôo para SP. Eu fui uma delas, e apesar da confusão não havia muito o que fazer e em vez de esperar mais um dia para embarcar – como havia também sido indicado – preferi ir naquele momento pois tinha que estar em Curitiba na quarta para dar aula. Na hora, a Delta me pagou um ressarcimento correspondente ao trecho e fui informada que minhas malas poderiam ser retiradas em SP.

O atendimento da TAM em Guarulhos e em CWB
Ao chegar em Guarulhos, minhas malas não estavam e como chegamos num vôo Santiago-SP da TAM (o JJ8027), foi através dela que abri a reclamatória pedindo as malas. Após muitos telefonemas para o departamento de bagagens em CWB, conseguiram localizar que minhas malas continuavam em Atlanta e que chegariam em SP somente na quinta-feira (dia 22/10). Na 6a. feira dia 23/10 fui informada que as malas seriam entregues na minha casa às 15h30. Eu enfatizei que tinha uma reunião às 18h30 e que as malas precisariam ser entregues no horário. Às 17h35 quando eu me preparava para sair, me entregaram as duas malas. Uma delas com a alça quebrada. Quando abri a primeira mala, levo um susto, ela se encontrava completamente remexida e sem a caixa do meu Playstation – que havia comprado em NYC. Além do videogame, levaram o jogo Guitar Heroe Legends of Rock que havia comprado lá e mais uma melissa roxa de veludo sem salto, praticamente nova, que comprei no mês passado e usei umas 2 vezes no máximo. A TAM sumiu com as minhas coisas. Fiquei indignada. Na mesma hora liguei para o departamento de bagagens da TAM do aeroporto de Curitiba onde apenas me deram evasivas e disseram não saber de nada, ainda alegando que provavelmente teria sido apreendido pela Receita. Liguei para a Receita em Guarulhos e me informaram que se caso tivesse sido apreendido, a TAM receberia uma notificação de tal fato. Não satisfeita, liguei para o Fale com o Presidente da TAM (0800123200) e abri um protocolo (21186886) contando todo caso. Fui informada de que haveria uma investigação interna e em até 5 dias úteis receberia uma resposta.

A investigação
Durante esses dias fiz um BO de Furto na Polícia  (inclusive o funcionário foi extremamente educado e me atendeu com agilidade e muito bem) e me informou que esses casos são bastante comuns e que é necessário reclamar e  entrar no tribunal de pequenas causas. Fui também até o Procon e abri uma queixa. Nesse meio tempo a TAM me ligou dizendo que eu deveria enviar um email para o depto. de malas do aeroporto de Curitiba mas não me disse qual documento eu deveria enviar, somente hoje fui informada que deveria scannear meu RG e enviar para eles, o que fiz agora pela manhã. Também fui informada que a investigação interna chegou à conclusão de que “houve conflito nas informações entre os aeroportos” e que já haviam aberto o processo de indenização para me ressarcir do prejuízo. Ora vejam que eufemismo bonito esse para dizer que a culpa deles e quem alguém furtou minhas coisas. Por fim, me informaram que dentro de 15 a 20 dias me dirão qual o valor do ressarcimento. Não vou esperar tudo isso. É um absurdo que tal fato tenha ocorrido e amanhã mesmo irei até o Pequenas Causas para ver como proceder. O que mais me irrita nisso tudo é a falta de esclarecimentos para o consumidor e o absurdo de ter minha mala violada. Mas continuarei brigando até o fim pelos meus direitos. Aguardem mais notícias sobre o caso. A TAM e todas as outras empresas de aviação precisam aprender a respeitar o direito dos consumidores. #tamfail

10 comentários

  1. Reges Schwaab · outubro 29, 2009

    AdriIsso tudo é lamentável e uma chatice sem igual. Mas brigue até eles não te aguentarem mais porque empresas como a TAM, e toda corja de telefonia também, só funcionam no grito. Faça tudo que puder e dissemine o máximo na internet o que aconteceu, mande e-mails para todos os endereços deles. E boa sorte. É esperar que a empresa do tapete vermelho tenha um mínimo de vergonha na cara, não só pelo prejuízo material mas pela enrolação.

  2. maria. · outubro 29, 2009

    Gente, é um absurdo isso! O pior é toda incomodaçao e correria que temos que fazer para que as coisas se acertem depois. Vou te indicar uma coisa, além do procom e todas estas ligaçoes faça o seguinte entre no site http://www.reclameaqui.com.br e registre lá a sua reclamaçao. Ja tive 3 problemas que foram atendidos por ali, depois de muitos emails e contatos sem resposta, postei neste site que se comunica diretamente com a empresa e "milagrosamente" eles respondem e resolvem o problema em poucos dias.Espero que consiga te ajudar e que consigam resolver a questao. Na verdade eles tem que te pagar nao só pelo o que foi roubado, mas também por todo stress e confusao que te geraram depois disto!é uma vergonha que ainda aconteça esse tipo de coisa…Boa sorte!

  3. Bruno · outubro 29, 2009

    Oi Adriana…Num voo entre miami e chicago, no meio da neura dos EUA com malas, as malas de toda minha familia foram extraviadas…mas um dia depois, em chicago, recebemos elas, além de indenização pelo extravio…American Airlines, neste ponto, foi sublime! Porém qto ao extravio, passei pelo mesmo problema num voo vindo de Ezeiza, em Bs As…abriram minha mala, roubaram uma máquina digital, um mp3…destruiram minha mala…só que pela GOL. CUIDADO PQ EXISTE (SÉRIO, INVESTIGADO E O QUE MAIS) UMA GANG DE EXTRAVIADORES, EM EZEIZA E GUARULHOS, QUE ABREM MALAS MESMO, DE VOOS INTERNACIONAIS!!!Nunca recebi nada, mesmo entrando com processo administrativo, reclamando…a única coisa que eles diziam poder fazer era arrumar a alça da minha bagagem, rompida…até hj tenho a bagagem aqui, atirada sem conserto.Não entrei nas pequenas causaspq o valor indenizatório seriam menores que minha incomodação de ter que ir a tribunal e tudo mais…hj me arrependo…deveria ter sido o chato de sempre.Mas aprendi a não colocar eletrônicos na bagagem, sempre levar uma malinha pequena com muda de roupa, fotografar a mala bem, antes de viajar e de sempre passar protect bag!FODA!BOA SORTE!

  4. Adriana Amaral · outubro 29, 2009

    Caros, obrigada pelos comentários, eu vou entrar com o processo e já fiz cadastro no site reclame aqui. Vou entrar mais pelo desaforo e vou até o fim. Sou uma pentelha. Bruno – eu normalmente não trago essas coisas na mala de baixo, mas foi na correria e tava tudo pesado, tanto que deixaram a guitarra do GH e um fone profissional de DJ do meu marido que era quase o preço do jogo.

  5. :wandeclayt: · outubro 29, 2009

    Embarcando em Ezeiza vindo do show do Combichrist (que eu vi e você não) minha mochila pesava 15 Kg.No check in a atendente disse que a bagagem teria que ser despachada.Abri a mochila, mostrei laptop, filmadora, camera fotografica com uma lente intimidadora… apenas perguntei "você despacharia se fosse seu?". E pronto, bagagem liberada!

  6. fredericogk · outubro 29, 2009

    Parabéns pela persistência, segue incomodanod eles que é um direito teu. Infelizmente já ouvi outras histórias desse tipo, inclusive com um desfecho mais trágico. Um casal de amigos que estava indo pro nordeste deixou o dinheiro da viagem, cerca de mil reais, em dinehiro vivo dentro da mala… Quando chegaram lá no nordeste o cadeado da mala estava estourado e o dinheiro não estava mais lá…

  7. <b> Ticiano Paludo </b> · novembro 1, 2009

    Adri: tem mais é que reclamar mesmo! Isso é roubo com consentimento das autoridades. Só um país vergonhoso como o nosso permite algo assim. Espero que, pelo menos, em minha ida próxima para SP pela TAM o avião não caia (já que eles são tão incompetentes que sequer conseguem pousar as aeronaves, como está começando a ser comprovado no caso do acidante mais recente envolvendo a TAM). Ah, sacaneando. Acho que entendi a sigla da cia. TAM – Tomara que Achem a minha Mala.Bjs.

  8. Gisele Rebelo · novembro 1, 2009

    Além do óbvio problema financeiro causado, eles conseguem com eficiência, complicar mais a situação deles com um péssimo atendimento, respostas incompletas e uma relação de inimizade com o cliente.Infelizmente não há mais relações públicas que dê jeito na TAM.Boa sorte!

  9. Adriana Amaral · novembro 1, 2009

    Frederico- dinheiro já é um pouco demaisgisele – eu não viajo mais com a Tam, sinceramenteTiciano – vou até o fim mesmo, nao quero saber!

  10. Camila Santana · novembro 5, 2009

    Adri, um absurdo!!! Desejo justiça e força. E vou divulgar o que puder, pq, segundo o ditado, a propaganda do boca a boca, costuma dar resultado. bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s