Abril despedaçado

Estou sumidíssima do blog por conta da tag #abrildespedaçado. Muita coisa acontecendo, várias delas não tão positivas assim, o que reflete na escolha do título. Esse mês tem sido cáustico, é só o que posso comentar. Além disso, muitas viagens (bate e voltas entre Porto Alegre e Curitiba), bancas, aulas, questões familiares e, claro, muito trabalho. Parece que todos os prazos do mundo resolveram cair por essas bandas de cá, isso que fui obrigada a recusar um monte de coisas, mas enfim, vamos falar das coisas boas porque de negatividade esse mês já extrapolou a sua cota. E mesmo nesses momentos é preciso calma para tirar algum tipo de “lição pedagógica” e utilizar esse conhecimento em uma outra situação análoga.

Vamos aos links do dia:

Linha antropológica do tempo – Excelente forma de visualização das correntes do pensamento antropológico (em inglês). Pena que a questão da apropriação das tecnologias e do pós-humanismo não está contemplada – mas vou falar melhor disso em um paper que deve sair em breve. A dica foi da Ana Margarida via Plurk.

Mental Machine Music: The Musical Mind in the Digital Age – Interessantíssima essa matéria que trata da relação entre a cognição mental da música na era digital e a relação entre as diferentes experiências de escuta, principalmente no que diz respeito a escolha, aos tipos de escuta e consumo , etc. O link veio através do @remixtures.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s