We All Want to Be Young

O despretensioso video produzido pela agência de tendências Box andou rodando pela rede servindo como “referência” para os telejornais  noturnos da Band e da Globo (cópias mesmo como falou a @malufontes no Twitter)  produzirem matérias sobre “choque de gerações” nas empresas. O vídeo em si apresenta alguns insights interessantes, o problema foi que ao traduzir para a linguagem telejornalística tudo que era observação e descrição se torna dogma como se todos da geração Y fossem fantasticamente pro-ativos, anti-hierarquias, etc etc. Eu tenho uma séria bronca com a maior parte do que é produzido sobre esse tipo de temática para o jornalismo em geral, quiçá para o telejornalismo, uma vez que a falta de aprofundamento e o desconhecimento de boa parte dos jornalistas mostra sempre uma visão esterotipada ou um certo deslumbramento com alguma percepção de espírito da época desconsiderando totalmente o processo histórico e as manifestações culturais nelas inseridas. Bom, sem mais delongas assistam o vídeo e tirem suas conclusões.

[Vimeo http://vimeo.com/16641689]

2 comentários

  1. .:*Mandy*:. · novembro 21, 2010

    É a pressa, acho. Eles sentem a necessidade de dizer algo enquanto o assunto tá fresco. Qualidade, que é bom, nada!

    • Adriamaral · novembro 21, 2010

      Pois é o que sinto, tirando exceções é claro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s