A mão do Diabo – Dean Vincent Carter

A mao do diaboA mão do diabo, primeiro romance de Dean Vincent Carter foi uma agradável surpresa para mim, que andava bem descrente do gênero terror (embora a Livraria Cultura tenha catalogado o livro como Infanto Juvenil). O livro foi lançado em 2006 mas só em 2010 ganhou uma tradução no Brasil pela editora Bertrand Brasil. Entre o suspense, a aventura e o horror, a narrativa se equilibra muito bem entre a mistura de lendas urbanas e entomologia a que o autor se propõe. O livro conta a aventura do jornalista inglês Ashley Reeves que vê na  carta do (até então desconhecido) Reginald C. Mather uma chance para conseguir uma pauta quente para a revista de divulgação científica na qual trabalha. Mather afirma ter consigo “O vermelho do Ganges”, exemplar raro de mosquito gigante e atrai Reeves para sua residência na soturna ilha de Aries a fim de dar uma entrevista sobre o assunto. Ao chegar na localidade, Reeves começa a perceber que coisas tão ou mais estranhas quanto os poderes da “Dama”(como Mathes faz questão de chamar o mosquito) acontecem na ilha. Confesso que li o livro em menos de um dia porque a curiosidade sobre o que iria acontecer no embate psicológico entre Reeves, Mathes a Dama e outros personagens que participam da narrativa era enorme. Ponto positivo para Carter que injetou sangue novo – com o perdão do clichê e do trocadilho infame em se tratando de um mosquito – em um gênero que muitas vezes se repete demais.[Atenção, SPOILERS] Achei a circularidade e viralidade da lenda, acrescida dos crimes praticados pelo psicopata uma boa solução para a narrativa. Claro tem todo um tom de referência um tanto  “A ilha do Dr. Moreau” mas o livro cumpre o que promete e causa um incômodo quase contínuo no leitor, seja pelas boas (e nojentas) descrições, seja pela sensação de medo que vai tomando conta de Reeves, que conta a estória a posteriori em primeira pessoa. Gostei bastante do estilo despojado mas incisivo do autor que após A mão do diabo (The hand of the Devil) já lançou mais dois livros: The Haunting Season e Bloodwater.

2 comentários

  1. Anita · dezembro 6, 2011

    ALGUEM SABE PARA QUE IDADE É ESSE LIVRO!?!?!?!

    • Adriamaral · dezembro 8, 2011

      acho que a apartir dos 12/13

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s