“O Twitter só não faz revolução, mas ajuda”

Estou em férias no litoral catarinense, mas acompanhando a movimentação e as notícias sobre a utilização das redes sociais e dos celulares pelos ativistas e protestantes anti-ditaduras na Tunísia, no Egito e em outros países do Oriente Médio. A lista da Aoir tem sido especialmente agitada em discussões sobre o tema. O site da Veja fez uma matéria chamada “O Twitter só não faz revolução, mas ajuda” resgatando alguns posicionamentos sobre a utilização de meios como o Twitter e o FB no ativismo político -com declarações opostas de Clay Shirky e Malcom Gladwell – e ainda adicionou um interessante infográfico mostrando episódios através dos últimos anos em que diversos países fizeram uso da internet como forma de protesto. Também dei meu pitaco sobre o tema (que acabou sendo editado em uma única frase).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s