Learning to walk again

Agosto e setembro se despediram e com eles os últimos resquícios de um ano conturbado. Sim, eu conto o ano pelo mês do meu aniversário e não pela troca de calendário. Foi um ano de ligar os pontos e perceber os sinais que a vida estava emitindo. Me perdi pelo caminho,  desviei das rotas mas consegui retomar a estrada. Quem sabe eu não fico boa em recomeçar? São tantas idas e vindas.

A million miles away
Your signal in the distance
To whom it may concern
I think I lost my way
Getting good at starting over
Every time that I return

Houve um momento em que achei que a minha identidade havia escapulido pelo sufocamento cotidiano, pelo excesso de compromissos, pelos do’s and dont’s que a vida nos coloca. Também cheguei a imaginar que pertencia a algo maior, a um grupo e que talvez eu devesse me adaptar “adjust to fit in”.  Era ilusório como todo o resto. Afinal, estou sempre reaprendendo e consequentemente frustrando as expectativas alheias, uma vez que possivelmente nunca vou me adaptar completamente a modelos e padrões pré-determinados pelo senso comum. Me sentia como Dave Grohl nesse vídeo no momento em que ele olha para o lado e vê um adesivo do Bush e olha para o outro e dá de cara com um sticker do Coldplay. Faltava só criar coragem, abandonar o carro no meio do engarrafamento e fazer outra rota a pé.

Learning to walk again
I believe I’ve waited long enough
Where do I begin?
Learning to talk again
Can’t you see I’ve waited long enough
Where do I begin?

Faltava, não falta mais. Por que existem coisas que levam tempo sedimentando, que podem ser sufocadas, mas um dia elas retornam e ai aquela fúria toda emerge exorcizando o passado. Sim, Wasting light é um álbum de exorcismo do que Grohl viveu nos anos 90. Cada um a seu jeito, tambem exorcizo os demônios interiores e novamente aprendo a andar. A vida é assim, feita de rupturas e continuidades, de passagens, de flaneurie, de saber que nada dura para sempre, nem mesmo a chuva fria de novembro. Resgatei as raízes e agora um novo episódio do seriado me aguarda sem nenhum spoiler pela frente.

Do you remember the days
We built these paper mountains
And sat and watched them burn
I think I found my place
Can’t you feel it growing stronger
Little conqueror

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s